Quem sou eu

Minha foto
Comunicadora, Professora, fotógrafa e Cinefila

domingo, dezembro 12, 2010

C´est Fini?





Como gostava de compartilhar contigo

Nossos medos e segredos

Mas tu, buscou o rompimento

Meus membros

Meus desejos

Não te esquecem

Queria tanto

Ouvir-te cantar ao pé do meu ouvido

Seus beijos

Meus comprimidos

Nossos seres esquecidos

Eu ainda tento

Talez seja o fim

O que dentro de mim reluta, luta, bagunça

Baixinho

Que diz

Não acabou, voltará

Eu eu que sou cética

Vou vivendo

Achando que o fim

E o começo da nova manhã

2 comentários:

Dessas Coisas disse...

A profundidade ainda é terrea ainda é pouca, nunca chegaremos ao inferno não pelos meio convencionais.

Analina Arouche disse...

Rompimentos são complicados. Quando acontece comigo, demora para cair minha ficha... muito dolorido.

Bjus.